quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

PORQUE DO FECHAMENTO.

Pronunciamento do ganhador da licitação da Feira da Madrugada.

Diante da licitação realizada no mês de setembro, o ganhador do certame, cumprindo o estabelecido no edital licitatório, só assume a Feira da Madrugada se ela for entregue totalmente livre, sem comerciantes e qualquer mercadoria no seu interior. No dia primeiro de março a Prefeitura entregará a feira ao seu novo dono com os portões fechado.

Essa passa a ser mais uma preocupação para os comerciantes da feira, que desde da chegada da Prefeitura, tem sofrido todos os tipos de perturbações que não deixam eles trabalharem sossegados e serem produtivos como era antes.

Tudo aconteceu, vários comerciantes ficaram sem trabalho, a Prefeitura diante de uma manobra não muito leal, lhes tirou o direito ter ao seu lado trabalhando a família do seu filho, filha ou qualquer outra pessoa que antes trabalhavam juntos. O Decreto 54.318, com clara intenção de diminuir o contingente de trabalhadores no local, eliminou o direito de milhares trabalhadores, quando proibiu de terem mais de um boxe por CPF, direito esse, antes concedido pela Prefeitura aos comerciantes.

A dúvida pairava no ar, havia promessa de um lado e um balde água fria do outro. O tempo passava e a angustia aumentava. Todos os ventos sopravam contra os comerciantes da feira.Até que veio a noticia: primeiro que a feira iria fechar no dia 28 de março, todos os boxes deveriam ser esvaziados, pois no final do mês dia 29/02/2016, o consorcio seria imitido na posse da feira, da forma como exigia, a feira vazia.

A preocupação aumentou ainda mais, quando foi exigida a assinatura de um contrato de locação para quem possuísse o TPU, com prazo de validade de 90 dias, com a obrigação de deixá-lo no fim do contrato limpo e livre. Ninguém deu explicação disso tudo, a maioria não aceitou o contrato que trazia apenas vantagens ao locador, não assinaram o contrato, o mesmo que dava o direito deles usarem e trabalharem no boxe da empresa locadora.

Finalmente no dia 04/02/2016, na parte da manhã, em frente ao ex-banco do povo, o Sr, Elias juntamente e em nome do consorcio deu um pronunciamento para tirar todas às duvida dos comerciantes.

PROMESSA DO Sr. ELIAS EM NOME DO CONSORCIO.

- A feira vai fechar, mas somente para ocorrer a entrega da feira para o consorcio, o esvaziamento da feira é uma clausula da licitação;

- Prometeu que recebe a feira e no dia 1º chamará todos os comerciantes que aceitarem assinar o contrato, que com a revogação de todas as TPU’s, o contrato de locação será a licença que todos deverão ter para trabalhar na Feira da Madrugada, ou seja, sem ele não pode trabalhar;

- Houve a promessa de que o tempo do contrato, antes de 90 dias, agora será por tempo indeterminado; (será corrigido por um aditamento aos contratos já assinados.).

- Esclareceu que não haverá a cobrança do condomínio separado, ou seja, despesas extras pagas pelo locatário, tudo estará incluso no aluguel de R$ 910,00 (novecentos e dez reais), cobrados pelo locador; (será corrigido por um aditamento aos contratos já assinados.).

OBS: só entrará na feira, com a sua reabertura, quem estiver com o contrato assinado.

O prazo para assinar o contrato de aluguel:

- Quem tem o TPU, depois do carnaval mais uma semana, com exclusividade;
- Depois assina que não tem TPU, mas trabalha no Box;
- O preço do aluguel, durante a transição, será igual para todos;
- Método de pagamento, primeiro paga depois usa, igual nas feiras.



Em síntese esse é um resumo do prometido pelo consorcio após o fechamento e ser imitido na posse da Feira, aos comerciantes.


OBS: ATÉ O FINAL DA SEMANA SERÁ POSTADO O VÍDEO DA REUNIÃO DO DIA 

04/02/2016.





GRUPO Luta e Trabalho - 04/02/2016

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

COMISSÃO ORGANIZADORA

COMISSÃO ORGANIZADORA PARA FORMAÇÃO DA ENTIDADE REPRESENTATIVA DOS COMERCIANTES DA FEIRA DA MADRUGADA E RESPONSÁVEL PELA FORMATAÇÃO DA ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DA FEIRA DA MADRUGADA.

Dispõe sobre as eleições para o preenchimento dos cargos da Comissão de Representante dos Comerciantes, até a criação da entidade representativa.

Comissão Organizadora, no uso de suas atribuições, torna pública a realização de eleições para preenchimento dos cargos respectivo na Comissão de Representantes e contidas neste comunicado.

1        – Das disposições preliminares

1.1               – O pleito eleitoral será regido por este edital e executado sob a responsabilidade do Conselho Provisório da Comissão Organizadora de acordo com as normas lançadas no edital;

2        Das Inscrições

2.1_O período de inscrição das chapas será de 00/00/2016 a 00/00/2016 sem qualquer possibilidade de prorrogação.

2.2 _ As inscrições serão feitas, mediante o preenchimento de formulário específico, retirado e entregue junto à Comissão Organizadora com cópia anexada da plataforma de propostas para gestão.

3_ Das Chapas

3.1_ As chapas deverão ser compostas por no mínimo 5 e no máximo 7 pessoas, tendo obrigatoriamente: o Presidente, o Vice-Presidente, Primeiro Secretário e primeiro Tesoureiro, conselho fiscal, no mínimo 3 componentes, esses cargos são obrigatório à chapa apresentar. Os demais cargos serão definidos e preenchidos de acordo com as necessidades internas da Comissão de Representantes.

3.1.1 – Os candidatos aos cargos de Presidente e Vice-presidente deverão possuir o TPU ou outro documento obrigatório para trabalhar na Feira da Madrugada

3.2_ As chapas serão reconhecidas por seus respectivos nomes.

4_ Das Eleições

4.1_ O pleito eleitoral será composto de turno único.

4.2_ A eleição será realizada de forma direta.

4.3_Todos os comerciantes com situação ativa junto a Feira da Madrugada deverão participar do pleito.

4.3.1 – Poderão votar todos os comerciantes que comprovarem estar presentes na lista publicada no 28/12/2015 ou da lista anterior a Prefeitura de 2010 e ainda aqueles que comprovarem trabalharem na feira.

4.4_ A eleição ocorrerá no dia 00/00/2016, das 07h30min até às 14 horas em três pontos:                                       

a) Administração;
b) Setor cinza;
c) entre o setor verde e o laranja;

4.5_Os comerciantes votarão, mediante apresentação de documento de identidade e verificação do nome do comerciante em lista de ativos.

4.6_ O comerciante só poderá votar no pátio da Feira da Madrugada.

4.7_Os votos serão secretos e depositados em urnas.

4.8_ Durante a eleição um membro da Comissão Organizadora estará permanentemente junto à urna. Cada chapa terá direito a um representante (devidamente cadastrado e identificado) como fiscal.

5_ Da Apuração dos votos

5.1_ A apuração será feita no dia seguinte à votação pela Comissão Organizadora. Ocorrerá no pátio da feira em frente da administração às 00h00 min horas e será aberta a todos os comerciantes.????

5.2_ Será considerada eleita, a chapa que obtiver o maior número de votos, (total do segundo + 1) .

6_ Da Posse

6.1_ A chapa eleita só tomará posse após apresentação de um estatuto à Comissão Organizadora, onde constem as diretrizes administrativas que regerão a Comissão de Representante.durante o mandato. Terão o prazo de cinco dias úteis para esta apresentação, contados após o resultado da apuração.

OBS: - As diretrizes poderão ser entregues no ato da inscrição da chapa para o pleito.

6.2_ O estatuto apresentado pela chapa eleita será submetido à aprovação dos comerciantes da Feira da Madrugada, mediante assembleia que será convocada pela Comissão Organizadora para que aconteça, no máximo, 48 horas após a eleição. 

6.3¬_ O ato de posse será registrado em ata própria e assinado pelos eleitos, juntamente com a assinatura dos membros da Comissão Organizadora.

6.4 Caso haja descumprimento do item 6.1, será desconsiderada a vitoria da chapa, por descumprimento de preceito legal e necessário a constituição da representação e assumirá a chapa segunda colocada.

7_ Das Disposições Gerais

7.1_ A comissão organizadora deixa registrado que no momento da posse se desvinculará do processo eleitoral, deixando a cargo da chapa eleita os procedimentos de legitimação do estatuto, através da assembleia dos comerciantes convocada após o pleito. Desse momento em diante estará desfeita e sem nenhuma responsabilidade sobre o decorrer do processo.

7.2_ Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora da eleição até o momento da posse. Sendo, após, de responsabilidade da Comissão de Representante e das Assembleias, convocada para resolver a os casos se necessários.

7.3_O presente edital será amplamente divulgado na página nos meios de comunicação e nos Blogs a saber::

               Blog  -  WWW. Comissaodareforma.blogspot.com.br
                Blog  -  feiradamadrugadacomissãodareforma.blogspot.com.br

 nos murais da Feira da madrugada.

8_ A comissão organizadora se coloca à inteira disposição para qualquer esclarecimento que se faça necessário.

Comissão Organizadora da Eleição na Feira da Madrugada deverá ser criada e definida.

(Os itens grifados deverão ser definidos.)

SUGESTÕES?



GRUPO Luta e Trabalho
CR - COMISSÃO DA REFORMA
Feira da Madrugada - Comissão da Reforma



quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

PODE SER ASSIM...

A NOSSA ELEIÇÃO.

Com vista a preparar os requisitos, para que o comerciante da Feira da Madrugada possa: eleger, ser candidato e ser votado como representante dos comerciantes da feira, nos apresentamos algumas alternativas:

OBS: Na eleição, deveremos escolher um grupo que será a diretoria da entidade que representará os comerciantes, apresentada como chapa, com o nome do grupo, que será a sua identidade na eleição.

Composição da diretória deverá no mínimo apresentar:

- PRESIDENTE;
- VICE-PRESIDENTE;
- SECRETÁRIOS;
- TESOUREIROS;
- DEMAIS CARGOS.

1º Sugestão
- Os comerciantes que participarem da composição da chapa, todos deverão possuírem TPU;


2º Sugestão
- Os comerciantes que participarem da composição da chapa, não serão necessários possuir a TPU, mas todos deverão possuir o cadastro publicado.

OBS: Neste caso temos duas situações que devem ser consideradas:

1-          Será considerado somente o cadastro reconhecido como válidos na publicação do dia 28/12/2012;

2-          Será considerado todo o cadastro, independente de ser válido ou não, desde que publicado no dia 28/12/2012; 

3-          Será considerado o cadastro de 2010.


3º Sugestão
- poderá fazer parte da chapa todos os comerciantes que estiverem trabalhando na feira.


4º Sugestão
- Poderá ser candidato ao cargo de presidente, vice, somente aqueles que possuírem o TPU. Para os demais cargos:

1-           Para os demais cargos da chapa, poderão concorrer os comerciantes que possuir cadastro, 28/12/2012 ou outro cadastro;

2-           Para os demais cargos da chapa, poderão concorrer os comerciantes que trabalharem na feira.


Poderá votar todos que possuir qualquer ligação de trabalho com a feira.


Comerciantes da Feira da Madrugada, esse comunicado é apenas uma sugestão para iniciarmos a discussão e a concretização da nossa eleição.


NÃO PODEMOS ACEITAR QUE NOS FAÇAM ENGOLIR UMA REPRESENTAÇÃO QUE NÃO CONCORDAMOS E NÃO A ESCOLHEMOS PARA NOS REPRESENTAR.

REPRESENTAÇÃO É COISA SÉRIA. É NÓS QUE TEMOS QUE ESCOLHER OS NOSSOS REPRESENTANTES. NÃO ACEITAMOS QUE ESCOLHAM, SOMOS CAPAZES.

UMA ELEIÇÃO. A ÚNICA FORMA DE LEGITIMARMOS OS NOSSOS REPRESENTANTES.



     CR - COMISSÃO DA REFORMA (13/01/2016)






segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

VAMOS REFLETIR?


Não faças da tua vida um rascunho.
Amanhã.
Poderás não ter tempo de passá-la a limpo.
Mario Quintana (grifo nosso)




A NECESSIDADE DA ELEIÇÃO

O povo vive e se relaciona uns com os outros, dentro de um conceito chamado de sociedade. Essa sociedade recebe vários contornos de acordo com suas crenças, educação e conhecimento. São criados grupos de pessoas para que possam ser a VOZ dentro da sociedade ou de terminado grupo, para possam se relacionarem entre si ou com outras sociedades. Esse grupo de pessoas recebem vários nomes de acordo com sua importância dentro da sociedade, mas todos são representantes do povo, da sociedade.

Os representantes são os responsáveis pela criação das normas e leis da sociedade.

A resistência e a reação são medidas de justiça, que se impõe quando as leis são injustas, contraditórias e atende apenas os interesses que colidem com os interesses da maioria do povo.

A organização e a representatividade surgem, novamente, como a única saída de defesa dos interesses da maioria.

Com organização somos capazes de criarmos normas boas para todos, discuti-la e acharmos a melhor forma de se relacionar dentro da sociedade que vivemos, com harmonia e justiça.

“NORMA SÃO ACORDOS REALIZADOS PARA QUE UMA SITUAÇÃO SEJA IGUAL PARA TODOS”. NORMA DEVE SER BEM DEFINIDA, CLARA E PARA TODOS, DEVE REFLETIR O MOMENTO. Ninguém deve ter sua moral esculachada por uma atitude, que sabemos não SER séria.

É A GUERRA SOCIAL E FINANCEIRA, NO CENTRO TEM O POVO, DE UM LADO ESTÃO OS INTERESSES REAIS DO POVO E DO OUTRO ESTÃO OS INTERESSES QUE NÃO PODEM APARECER, MAS É O QUE PREVALECE.

“TODOS RECLAMAM POR SOLUÇÕES, MAS NÃO EXPÕE UMA FORMA DE SOLUÇÃO QUE SIRVA PARA TODOS”.

Colocar os interesses da sociedade na frente, ninguém quer, pois pode prejudicar o seu interesse particular. Há um movimento de desconstituição, ou seja, todo movimento para organizar o povo não é bem vindo, são prejudicados. Povo organizado sabe o que quer e usa a sua força coletiva para exigir o que realmente lhe serve, não aceita migalhas.

Queremos paz, honestidade e saber quais os caminhos que iremos trilhar com a nova ordem. Exigir é uma necessidade nossa, expor as nossas opiniões é um direito. Aprender a conviver democraticamente é também a nossa obrigação. DISCUTIR O NOSSO FUTURO, O NOSSO DIREITO, JÁ É UMA OBRIGAÇÃO.

O direito é criado pelos interesses, o que é normal para todo cidadão, inclusive para o povo da Feira da Madrugada, o que não é justo é criarem procedimentos diferentes e os mesmos serem impostos sem qualquer escrúpulo e sem qualquer comprovação da sua eficiência. 

Deus nos mostra os cominhos, nos fornece os instrumentos necessários para alcançarmos a vitoria e tudo o que necessitamos, basta não ficarmos parado esperando.  

Nunca chegaremos ao sucesso se ficarmos esperando que alguém faça alguma coisa, temos que ser capazes de construir o sucesso que esperamos. Se estiver difícil para voce sozinho, procure outras pessoas que tenham o seu mesmo sonho. A norma é não esperar.

PARA REFLETIR E TOMAR DECISÃO:

Rm 12.2 – E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

Deus tem uma vontade, que é boa, perfeita e agradável. Entretanto, para experimentarmos essa vontade, é preciso que nos se posicionemos. E o Apóstolo Paulo nos fala que esse posicionamento começa na nossa mente. Então, Paulo nos ensina que experimentamos a vontade de Deus quando:

1-    NÃO NOS CONFORMAMOS: E
2-    RENOVAMOS A NOSSA MENTE.

A capacidade de não se conformar é um diferencial determinante para quem almeja viver além da mediocridade, não ser uma pessoa negativa, murmuradora e cheia de criticas vazias. O inconformismo diz respeito àquelas pessoas que incomodam, com as situações de conforto, diante das situações vividas pelo seu semelhante, conforto é lugar, que é lógico, atrai a maioria das pessoas que não são capazes de entender o seu desejo e de ver o que é bom para si.

OBS: Constantemente nos são impostos padrões de comportamentos, como se todos pudessem se enquadrar dentro desses padrões, estabelecidos como se fosse uma regra geral, criada para satisfazer interesses. A individualização acabou, criaram a massa. O mesmo aconteceu na Feira da Madrugada. O Poder Público e uma parte de interessados da feira, juntamente com a mídia, impõe sua ideologia vazia, vulgar, superficial, que cegam e impedem o cidadão de pensar, nas normas e leis, que colocam boa parte dos trabalhadores da Feira da Madrugada num estado de inconsciência, não pensam, apenas obedece a nova onda de conforto, que se encontra dentro dos padrões dos interesses dos dominantes. A nova onda vai chegar?

 Vai, tem que chegar. Chega de lutar sozinho, somos uma força descomunal, mas se estivermos juntos com o mesmo propósito. Precisamos de um caminho que somente iremos conseguir quando estivermos organizados e tiver a nossa VOZ ouvida, primeiro na Feira da Madrugada e depois pelos entes envolvidos com Feira.

A VOZ que todos da feira ouvirão e os envolvidos também, somente acontecerá com uma eleição entre os trabalhadores da feira, que a maioria determine quem será a nossa voz e somente ai teremos o direito de falar e ser ouvido, caso contrario teremos que ficar mudos, aceitando ouvir e obedecer outras vozes.


NOTA:

GRUPO Luta e Trabalho

Temos um compromisso é com os trabalhadores da Feira da Madrugada. A eles devemos explicações e por estar na mesma necessidade, o de querer trabalhar e criarmos um futuro promissor, a nossa família e a nos mesmo, sem sustos ou decisões que joguem por terra todo um sonho e trabalho realizado. Procuramos a unidade da feira. Sempre soubemos da dificuldade, mas nunca vamos desistir, pois acreditamos que a informação honesta, que reflita a realidade de cada um é o melhor e duradouro caminho que deve prevalecer, pois precisamos viver numa sociedade ou grupo que possamos acreditar no que nos é dito, Precisamos ter, em nossos representantes, eleitos e escolhidos por nós para ser a nossa voz, A VERDADEIRA VOZ DA FEIRA DA MADRUGADA.

Somos um grupo, anônimos, podemos assim dizer, que estamos na feira com o intuito de criar condições de convivência e trabalho para todos, sem exceção. Trabalhamos e sempre estaremos colocando em discussão as nossas opiniões, que são discutidas, exaustivamente no grupo e somente então são levadas a todos os nossos simpatizantes, amigos e leitores. Temos uma meta, criar a eleição do representante oficial e legitimo da Feira da Madrugada.

Toda critica, com fundamento e com o intuito de melhorar as condições de convivência na Feira da Madrugada é bem vinda. Temos que ir para luta, iremos para luta; Quer dialogo, vamos para o dialogo; Quer pregar condições por pregar, não, ai estamos fora.




GRUPO Luta e Trabalho

TROCO POR SERMOS APENAS TRABALHADORES


TEMA 04

Estamos colocando temas para que possamos refletir e ver se 

somos ou não capazes de fazer algo por nós na

FEIRA DA MADRUGADA.
TROCO PELO NOSSO TRABALHO DE 10 ANOS


15. CLÁUSULA 15 – DA FASE DE REALOCAÇÃO

15.1. O PODER CONCEDENTE deverá revogar todos os Termos de Permissão de Uso dos cadastrados na LISTA DE COMERCIANTES até a imissão da CONCESSIONÁRIA na posse da ÁREA NORTE DO PÁTIO DO PARI. (FEIRA DA MADRUGADA).



Esse é o retorno que estamos recebendo por termos criado o maior ponto turístico de compras da Cidade de São Paulo.

Lembra de uma musica, que reflete bem a nossa situação: construí mas não possa entrar, me torno a parte mais fraca, devo ficar lá fora da festa.

Ou seja, construímos um parque, mas na hora de brincar nos tiraram a credencial e ficamos chorando na porta vendo outros se divertirem com a nossa criação.

A Prefeitura de São Paulo, por intermédio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo, realizou a licitação do Circuito das Compras, observando apenas que o interesse maior dessa licitação é a Feira da Madrugada, que foi abandonada pela Prefeitura, para que virasse uma bagunça e a licitação pudesse ser aceita com mais passividade sem qualquer empecilho.

A Feira da Madrugada foi licitada, você trabalhador, como o maior interessado foi consultado?

Frase do ex-ministro Joaquim Barbosa: "Hoje estamos assistindo a formação de uma sociedade de viciados pela esmola do Estado, sem o menor estímulo de evoluir para o mercado de trabalho. Se contentando em viver à margem da dignidade humana"

Existe sempre uma saída, basta todos quererem.

Temos que discutir como fazer uma eleição na feira, e assim escolhermos os nossos representantes legítimos. Só assim seremos ouvido e aceito por todos. A organização é necessária, a vida é uma luta.

A partir de agora é que temos que nos esforçar, mais do já fizemos no passado, e de forma coletiva ou seremos vencidos em todas as nossas lutas. Todo tipo de luta é valida. Apenas temos de usá-la no momento adequado, ou, ela perderá seu valor. Na sociedade que hoje vivemos temos necessidade de estar de frente com vários tipos de luta. Luta para defendermos a nossa dignidade, bem estar, trabalho, o lado espiritual e o social, mas todas as lutas depende de como voce se organiza para a luta, pois voce + voce significa nós lutando pela sobrevivência do coletivo. 

PRECISAMOS DE PESSOAS PARA DISCUTIR COMO SERÁ A NOSSO ELEIÇÃO E CRIAR AS NORMAS PARA SUA REALIZAÇÃO. 
MAIS DO QUE NUNCA PRECISAMOS TER A NOSSA VOZ NAS FUTURAS DECISÕES. SEREMOS OS FISCAIS DA FEIRA. 



GRUPO Trabalho e Luta

CR – COMISSÂO DA REFORMA

Somos todos bandidos???


TEMA 03 


Estamos colocando temas para que possamos refletir e ver se 

somos ou não capazes de fazer algo por nós na

FEIRA DA MADRUGADA.

OS INOCENTES UTEIS ANESTESIADOS?

E assim os trabalhadores da Feira da Madrugada, o maior Centro Popular e o mais famoso, o mais importante Circuito de Turismo de Compras do Brasil, podemos dizer assim, foram roubados, afanados, surrupiados os boxes dos trabalhadores da feira?

Os trabalhadores estão anestesiados, ainda não perceberam o que aconteceu, tem a esperança de dias melhores. A Prefeitura, agora com seu novo sócio, usam de má fé com os trabalhadores, que inocentemente acreditam que nada mudou vão trabalhar o local da forma como era antes, que todos terão oportunidades iguais.

Novos tempos para a feira, novas políticas, novas dinâmicas, apenas os comerciantes estão iguais, temos que também mudar, não podemos permanecer como éramos antes, já perdemos tudo, o nosso trabalho, o nosso sustento, o que não podemos deixar que nos roubassem é a nossa dignidade como ser humano.

Somente seremos capazes de defendê-la se estivermos organizados, unidos por um só objetivo e de mãos dadas, assim poderemos lutar e vencer qualquer obstáculo que apareça.

Gente, vamos deixar de ser inocente útil, vamos seguir os nossos pensamentos, a nossa intuição, vamos discutir o que é bom para nos e exigir que nos entregue, NÃO PODEMOS ESQUECER QUE A FEIRA NÃO É NADA SEM OS TRABALHADORES E TEMOS A OBRIGAÇÃO DE NÃO DEIXAR QUE NOS EXPULSEM DO QUE É NOSSO E NÃO VAMOS PERMITIR QUE NADA NOS TIREM DE LÁ, NEM DECRETO, NEM LEI, NADA PODE SER MAIS FORTE QUE NÓS.

CADÊ A ORGANIZAÇÃO, CADÊ A ELEIÇÃO, CADÊ A NOSSA VOZ PARA ECOAR NOS QUATROS CANTOS DA FEIRA DA MADRUGADA, CADÊ A NOSSA FORÇA.

Mesmo diante da licitação, temos que ter presente na Feira da Madrugada a nossa voz, para que sejamos ouvidos. Os interesses sempre estarão presentes nas falas de boas novas, faz parte, apenas temos que não aceitá-las com tanta passividade, sem qualquer garantia de que todos serão beneficiados.

EM PRÓ DA ORGANIZAÇÃO DOS COMERCIANTES DA FEIRA DA MADRUGADA EU QUERO ELEIÇÃO DOS NOSSOS REPRESENTANTES.

NOTA a parte:
E agora hem, o judiciário também vem nos chamar de bandidos, será que sabem o que estão falando? Ou estão fundamentados em reportagens jornalísticas? ou nas noticias que a Prefeitura levou até o processo? Porque antes de imputar tal alcunha aos trabalhadores da Feira da Madrugada, não procuram saber a realidade dos fatos, sair dos gabinetes, pois dai todos podem se enganar, e muito.

Trabalhador da Feira da Madrugada.


GRUPO Luta e Trabalho
CR – COMISSÃO DA REFORMA